Arquivo da tag: Rubem Alves

RIOS QUE PASSAM – o JEQUITAI

Transito entre o Oeste e o Norte de Minas Gerais. Neste trajeto há Rios, Riachos, Córregos, Veredas. A maioria cortada por estradas e barramentos, formando oásis nesta região que vai se desertificando. No meu destino o Rio Jequitaí, filho da Serra do Cabral. O Jequitaí, suas nascentes, córregos, riachos e Veredas fazem parte da Família … Continuar lendo

Publicado em FOTORREPORTAGENS | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Para sair bem na foto!

Rubem Alves escreveu o Concerto para corpo e alma. No seu livro, este Escritor encantador  cita Albert Camus, o qual diz que o homem é o único ser que se recusa a ser o que ele é. Diante da Câmera … Continuar lendo

Publicado em BIODIVERSIDADE | Marcado com , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

Novos restaurantes urbanos!

Quem acorda cedinho se alimenta do melhor néctar da Cidade. O Néctar dos Ipês. Uma disputa cada vez mais perceptível no espaço urbano: os alimentos estão raros, assim como Chuva para fazer mais florir. Lindos restaurantes ao ar livre oferecendo alimentos a dezenas de insetos e aves. Muitas … Continuar lendo

Publicado em NATUREZA | Marcado com , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Cores do Outono Aqui Onde Eu Moro

Segundo Rubem Alves,“Claude Monet era capaz de passar o dia todo no campo, da manhã até o cair da noite, pintando seguidas telas do mesmo monte de feno”. E ao ser indagado sobre suas razões, Monet dizia que “para as … Continuar lendo

Publicado em DIVERSIDADE | Marcado com , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

“CAÇADORES DE IMAGENS”

         Caçadores do verbo caçar, significa “perseguir animais”, procurar, buscar”. O primeiro registro desta palavra data de 1813 segundo o Dicionário Etimológico Nova Fronteira da Língua Portuguesa.          Afinal como definir o ato de perseguir, procurar ou buscar uma imagem? … Continuar lendo

Publicado em QUEM SOU | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário