Entre o tapume, o alambrado e o passeio: boas festas! boas energias 2014!

Entre os Três Poderes!

       Quando passo por ali, na Alameda entre o Fórum, a Prefeitura e a Câmara Municipal de Montes Claros no Norte do Estado de Minas Gerais vejo aquele homem magro, louro, olhos azuis.

                             Os seus olhos brilhantes chamam a minha atenção.

     Noutro dia passei por ali e perguntei seu nome. Ele riu. E antes mesmo de Ele responder, alguém que passava gritou o seu nome. Ele riu novamente.

       Ele é bem conhecido. Não tão famoso como Joaquim Barbosa, que de ilustre desconhecido, nomeado Ministro do Supremo Tribunal Federal pelo então Presidente Luís Inácio Lula Silva, agora famoso, alimenta o poder de fazer justiça com gestos de manifesto rancor e prepotência.

           O sorriso daquele Homem da Alameda dos Três Poderes estabeleceu um código de comunicação entre Nós. Foi então que lhe disse: volto amanhã para tirar uma foto sua. E Ele me olhou como desconfiança.

           Voltei dois dias depois para conhecer um pouco daquele velho conhecido da Alameda.

          Esta é a Alameda. Espaço por onde transitam doutores sem títulos e onde vive e resiste RAUL.

        Sou hippie, corro de cidade em cidade ou de Estado em Estado. Há trinta anos indo e vindo, disse-me RAUL 60 anos de idade, que se diz um andante por gosto, não ter filhos, ter irmãos, sobrinhos e, com o peito protegido por segredos confessa: tive mulheres de todas as cores as quais amei”.

      RAUL morava no gramado da alameda entre os Três Poderes há treze (13) anos: o Fórum, a Prefeitura e a Câmara de Vereadores de Montes Claros, Minas Gerais.

      A prefeitura já tentou me tirar daqui. Minha barraca ficava no gramado, então Eu só mudei de passeio. Moro do outro lado, diz RAUL  de sua resistência urbana.

  

  Do outro lado: entre os tapumes da construção da nova “Casa do Povo”,  o alambrado do Pátio da Justiça e o passeio do outro lado do Poder Executivo. Foi para lá que RAUL se mudou com sua Barraca azul coberta por uma lona preta.   Ao ar livre.

    Logo ali há poucos metros do Poder Judiciário instalado em construção imponente, jardins bem cuidados, que afirmar ter como missão garantir a Justiça: “com qualidade, eficiência e presteza,  de forma a atender aos anseios da sociedade e constituir-se em instrumento efetivo de justiça, equidade e de promoção da paz social”

   Ganho alimento que preparo na barraca. Faço artesanato e lavo carros para ganhar o meu sustento me disse RAUL,  que fez uma pausa no trabalho para contar ao nosso Blog um pouco de sua história.

       

                      Na sua barraca azul, RAUL se torna íntimo de si mesmo, onde dorme e sonha.

Admiro as pessoas que vivem normais. Inveja Eu não tenho. Viver numa barraca é normal. Uso a água da torneira da calçada e o banheiro da Prefeitura, diz RAUL.

    

   

         João Tadeu admira o amigo de RAUL.

  Ele é inteligente. Gente boa. Gosta muito de ler livros e jornais. Um pessoal deixa livros para Ele. Eu gostaria que o pessoal arrumasse uma casa para Ele morar.

   E o que Você diria para as pessoas que lerão o meu blog? Perguntei ao RAUL. E então Ele disse:

   Tudo de bom a todos aqueles que leem esta história. Um feliz natal e um próspero ano novo, principalmente para Mim.

    Enfim, amai ao próximo como a Ti mesmoRaul a pessoa mais próxima de si mesma!

      Pegando carona neste flash histórico de RAUL, Aqui Onde Eu Moro deseja-lhes um fim-de-ano prazeroso. 2014 com as energias renovadas e muitas disposição para realizarmos um BRASIL DECENTE!

         BOAS FESTAS! BOAS ENERGIAS!

Anúncios
Galeria | Esse post foi publicado em HOMENAGEM e marcado . Guardar link permanente.

Aqui Onde Eu Moro

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s