“Do SOLAR DOS PRATES Ao SOLAR DOS SERTÕES”

SAGA!

 

Certamente o título “Do SOLAR DOS PRATES Ao SOLAR DOS SERTÕES” é soberbo. Repleto de memórias com histórias.

  O SOLAR DOS SERTÕES foi tombado como patrimônio histórico-cultural e está em processo de restauração.

Mas, por quê gastar tanto dinheiro para recuperar casarões antigos, com suas senzalas recheadas de histórias de mandos, opressão, tortura e até mesmo a morte?

Não seriam o  tombamento e a restauração um triste legado?

 

Fui conhecer um pouco do SOLAR DOS SERTÕES na Cidade de Montes Claros, Norte de Minas Gerais atualmente de propriedade do CAA – Centro de Agricultura Alternativa.

Um prédio imponente com frente voltada para a Praça da Matriz na Cidade de Montes Claros, no norte do Estado de Minas Gerais.

Através de suas amplas portas e janelas é possível avistar a bicentenária  Palmeira,  ainda imponente como se ainda fosse uma jovem árvore.

Em apenas um dos quartos, com banheiro e banheira de ferro fundido, contei  8 portas. Possivelmente usadas como meio de fugas, muito bem pensadas naquela obscura época de Coronéis.

Além dos arcos, janelas e portas imponentes, alguns objetos foram preservados: a chaleira de ferro, o ferro à brasa de passar roupas, o moedor de café, a máquina registradora, uma banheira esmaltada marca selecta em ferro fundido pela Fundição Indígena, um pequeno oratório, mesas, escrivaninhas,  que hoje integram o patrimônio do Solar dos Sertões.

Na sala dos Coronéis de 1857, os QUILOMBOLAS de 2013 do Norte de Minas se fazem presentes na mensagem da faixa reclamando JUSTIÇA.

Uma longa história a ser descortinada pelos novos proprietários e usuários, oferecendo importantes elementos para reflexões, de modo a compreender o passado e, sobretudo, decidir o que não queremos repetir ou reproduzir.

A resposta para minha indagação a cerca da restauração do Casarão de 1857 veio de Eliete membra do CAA – Centro de Agricultura Alternativa:

Considero a aquisição do Solar uma vitória para as populações tradicionais, em razão do casarão ter sido propriedade de coronéis”.

 A partir da próxima quarta-feira (10 de julho de 2013), a parte inferior do SOLAR DOS SERTÕES estará aberta ao público, para apresentação de artistas locais e arrecadação de verbas, para continuidade da restauração e manutenção deste patrimônio social, ambiental e histórico-cultural. Você é o convidado especial para este convívio.

Além disso, uma campanha SEJA UM AMIGO DESTE PROJETO foi instituída pelo CAA  também para arrecadação de recursos objetivando a  continuidade da restauração. Qualquer pessoa pode participar depositando qualquer quantia na conta do Banco do Brasil nº 33.435-9, agência 0104-x.

Saiba mais sobre o CAA acessando o seguinte link:

http://www.caa.org.br/

É o BRASIL sendo passado a limpo. Participe!

                   AQUI ONDE EU MORO por TEREZINHA SOUTO 07 de julho de 2013.

Anúncios
Galeria | Esse post foi publicado em FOTOGRAFIA: um ímã que atrai!, FOTORREPORTAGENS, HOMENAGEM e marcado . Guardar link permanente.

Aqui Onde Eu Moro

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s