www.capitaoeneas.mg.gov.br

Saúde Pública e o Princípio da Eficiência Administrativa

Decorridos mais de 90 (noventa) dias da posse do prefeito eleito para o mandato 2013/2017, o Município de Capitão Enéas continua desobedecendo ao Princípio Constitucional da Publicidade.

O Princípio da Publicidade obriga aos Gestores Públicos (Prefeito, Vice, Secretários, Gerentes, Chefes, Diretores, ect)  de dar transparência para todos os Moradores sobre os atos praticados na administração dos bens públicos ( gastos dos recursos financeiros, contratação, quanto paga, deixou de pagar, etc. etc.), através da Imprensa Oficial para todos os Moradores.

O meio de interlocução oficial com o Povo é o site da Prefeitura Municipal de Capitão Enéas , que continua fora do ar. O silêncio do Prefeito César Emílio favorece o fuxico, a especulação e o disse-não-disse frusta o (a) eleitor(a) que apostou na mudança.

Experimente. Clic no endereço www.capitaoeneas.mg.gov.br 

Depois de 8 anos de mandos e desmandos da turma do Prefeito empreendedor é evidente que Nós eleitores que fizemos a  renovação política temos pressa de sair do marasmo e  de saber o que será efetivamente contemplado no PPA CAPITÃO ENÉAS PARA TODOS. 

Caro (a) internalta, Você já sabe como é o PPA de César Emílio?

Com a falta de publicidade (art. 37 da Constituição Federal) não é possível saber o que está funcionando, onde procurar e a quem procurar, já que nem mesmo o nome dos secretários provavelmente já nomeados se tem notícias. 

Enquanto isso, em Caçarema já há casos de pessoas com dengue, e o lixo continua avolumando no meio ambiente. A propriedade particular é usada pelos Moradores para a dispersão clandestina do lixo não recolhido pela Prefeitura.

Ocorre que estamos em pleno período de chuvas. Apesar de escassas, é certo que qualquer quantidade de água acumulada nas embalagens dispersas aleatoriamente no meio ambiente favorece criatórios do mosquito aedes transmissor da terrível dengue.

Além disso, o lixo acumulado pode atrair roedores silvestres à procura de alimentos. Alguns desses roedores são portadores do hantavirus, que em contato com o ser humano pode provocar a  hantavirose e a morte em até 48 horas.

A saúde é um direito inalienável. Por sua vez, a eficiência e a publicidade administrativas são Princípios Constitucionais  de obediência obrigatórias conforme artigo 37 da Constituição Federal. 

Anúncios
Esse post foi publicado em POLÍTICA e marcado . Guardar link permanente.

Aqui Onde Eu Moro

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s